Pesquisar este blog

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Grupo Cultural KISAMBA

 
Umbigada, Semba, Samba Sambar...


São os primeiros sinais de um comportamento, elementos sociais em torno da roda de homens e mulheres. É o solista que com habilidade convida com a própria Umbigada conjunto de formas corporais que configuram a mensagem Vem Pra Roda”


A tradução dos versos cantados das comunidades dos terreiros, além de apresentar a religiosidade profunda e refinada, falando da estruturação das primeiras Casas de Santo do Brasil, da história africana, de deuses e ancestrais. 

A divulgação destes conteúdos serão aspectos importantes na luta pela igualdade e assim, divulgar as expressões culturais desta diáspora que chamamos de Cultura Afro-Brasileira. 

Com o objetivo de fortalecer suas raízes, o grupo busca promover o Samba de Roda em uma linguagem, mais simples e ao mesmo tempo contemporânea.

Pretendemos divulgar um dos aspectos mais significativos da cultura negra brasileira na diáspora, isto é, a música, o canto e os instrumentos que acompanharam os africanos para o novo mundo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário